5 Romances que você precisa ler

Se você é ávido na leitura e não consegue ficar sem um livro em sua cabeceira. Então confira as nossas dicas de livros que farão você devorar páginas e mais páginas

5 Romances que você precisa ler

Apesar de alarmantes os dados sobre a Leitura no Brasil em contraste aos países Europeus e Asiáticos, não podemos perder a esperança. Por isso selecionamos 5 romances que você precisa ler. São clássicos da literatura mundial e nacional, do socialismo à histórias de horror, a nossa seleção mudará a forma pela qual você enxerga o mundo. Se você não é muito de ler, este vai ser seu novo hobby, se você já aprecia leitura, prepare-se para passar noites em claro. Nossas dicas, com certeza, farão você se apaixonar por livros!


As Vinhas da Ira - John Steinbeck (1939)

As Vinhas da Ira - John Steinbeck (1939)

Ver oferta

Esta aclamada obra ganhou o National Book Award e o Pulitzer de ficção, além de citada como destaque quando John Steinbeck recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, em 1962.  A história se passa durante a Grande Depressão de 1929 e relata a trajetória da família Joad. Uma família humilde do estado de Oklahoma, nos Estados Unidos, a qual é obrigada a abandonar suas terras, por conta da grande seca e de uma mudança na atividade agrícola, partindo então rumo a Califórnia em busca de emprego, comida e uma vida melhor.

O livro é um clássico sendo lido frequentemente em aulas de literatura do ensino secundário e universitário nos Estados Unidos. Foi adaptada aos cinemas, em 1940, por John Ford e estrelado por Henry Fonda.

O Iluminado - Stephen King (1977)

O Iluminado - Stephen King (1977)

Ver oferta

Clássico entre os amantes de histórias de terror e suspense, o Iluminado é uma das maiores obras do Rei das histórias macabras, Stephen King. Tudo começa quando o pai de Danny Torrance, Jack Torrence, consegue um emprego como zelador em um Hotel isolado, durante a temporada de inverno, no estado do Colorado. A princípio o novo emprego seria a solução de todos os problemas, financeiros e de saúde, já que Danny sofre de estranhas convulsões. Porém forças malignas habitam os corredores do hotel, repletas de ressentimento e sedentas por vingança. 

Esta obra também ganhou vida nos cinemas nas mãos de Stanley Kubrick e estrelado pelo excêntrico e talentoso Jack Nicholson.

Mas atenção: "O Iluminado" é um clássico que você TEM que ler, mas apenas se você estiver preparado para esta aventura!

Um Estranho no Ninho - Ken Kesey (1962)

Um Estranho no Ninho - Ken Kesey (1962)

Ver oferta

Inspirado em suas próprias experiências, este romance de Ken Kesey retrata as loucuras e o mundo psicodélico dos anos 60. Regras não se aplicam ao problemático McMurphy, porém os problemas realmente começam quando ele é internado em um hospício, sob os cuidados da sádica e cruel enfermeira Ratched, quem comanda o hospício de forma impetuosa. McMurphy passa a promover apostas, contrabando de vinho e prostitutas, virando o hospital de pernas para o ar. Porém as consequências são mais sérias do que ele esperava.

"Um Estranho no Ninho" aborda tópicos polêmicos nos Estados Unidos durante os anos 60. O livro foi adaptado ao cinema pelo diretor Miloš Forman com um elenco de estrelas, incluindo Jack Nicholson e Christopher Lloyd. O filme foi um sucesso e foi vencedor de 5 oscars em 1975.



Vidas Secas - Graciliano Ramos (1938)

Vidas Secas - Graciliano Ramos (1938)

Ver oferta

Este clássico da literatura Brasileira não poderia ficar de fora. Querido dentre os acadêmicos, leitura recomendada no ensino médio e em vestibulares das maiores universidades país, Vidas Secas é uma narrativa regionalista do período Realista no Brasil. O romance conta a história de uma família de retirantes cujo o pai, Fabiano, um vaqueiro bruto no sertão nordestino, e a cadela Baleia, a qual passa por um processo de humanização, são considerados os personagens mais famosos da literatura brasileira.

Escrito em terceira pessoa, a obra de Graciliano não foca nos efeitos da seca como objeto de crítica, mas em uma narrativa que conta a fuga da família, a desonestidade do patrão e arbitrariedade da classe dominante, impossibilitada de adquirir o mínimo de sobrevivência.

Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley (1932)

Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley (1932)

Ver oferta

Escrito em 1931 e publicado em 1932, este romance futurista, escrito por Aldous Huxley, se passa no ano 2540, ou 632 DF- "Depois de Ford" - no livro, em Londres em uma sociedade organizada em princípios científicos, onde pessoas são programadas em laboratório e obrigadas a desempenhar seu papel e uma sociedade de castas biologicamente definidas durante o nascimento. 

Esta obra, juntamente com a de George Orwell, 1984, são exemplos, na literatura, da tematização de estados autoritários. Enquanto 1984 criticava os governos totalitários de esquerda e de direita, stalinismo e nazifascismo, em Admirável Mundo Novo o ponto focal da crítica é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, na qual a ciência é a chave para todos os problemas e questões.